Área de invasão é cercada pela PM que deve cumprir reintegração de posse

0
5404

2 3

A Polícia Militar foi acionada na manhã deste sábado (29) para possivelmente cumprir uma reintegração de posse em um terreno na Estrada Delegado Bruno de Almeida, na região do Campo de Santana, em Curitiba. Segundo informações, cerca de 300 famílias do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto do Paraná (MTST-PR) chegaram ao local na madrugada de sexta-feira (28) e esperam o poder público apresentar uma proposta de moradia.

Segundo nota divulgada pelos representantes do MTST, “a ocupação é formada por famílias que viviam em áreas de risco, favelas, casas de parentes e na rua, além de pessoas que não conseguem mais pagar o aluguel porque estão desempregadas ou ganham muito pouco”.

Os policiais do Batalhão de Choque e das Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rotam) cercaram o local e aguardam decisão sobre o cumprimento da desocupação do terreno.

Atualização

Por volta das 15h, as famílias que ocupavam o terreno decidiram, em assembleia, deixar o local. Segundo os próprios ocupantes, a decisão foi tomada pela posição da Polícia Militar no local. Apesar de não fazer a desocupação, os PMs cercaram o terreno desde o início da manhã e aguardavam decisão para fazer a reintegração de posse.

 

Fonte/Willian Bittar/Massa News

Foto/Jairo Nascimento

SEM COMENTÁRIO