Três são mortos na RMC e veículo usado indica que crimes podem ter ligação

0
4175

3 morto-jardim-monza-colombo-site-825x550

O primeiro crime aconteceu por volta das 19h20 no Jardim Monza. O segundo, com dois mortos, aconteceu por volta das 19h50 e a três quilômetros do primeiro, no Jardim Osasco. Assassinos estavam em um Honda Civic.

Dois crimes aconteceram na noite deste sábado (15) em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) e terminaram com três pessoas mortas. Em comum, além da cidade e do horário próximo entre uma situação e outra, está o veículo que os atiradores usaram: um Honda Civic. Embora a coincidência, as duas delegacias da cidade ainda trabalham para apurar os primeiros levantamentos.

O primeiro crime aconteceu por volta das 19h20 na Rua Evaristo da Veiga, no Jardim Monza. David Ademar Batista dos Santos Silva, de 24 anos, foi morto com um único tiro. Segundo a Polícia Militar (PM), o atirador usou arma longa para executar o rapaz.

Os assassinos estavam em um Honda Civic, chegaram, entraram na casa em que David estava perguntando por ele. Os atiradores mataram o jovem na varanda da casa e fugiram.

As motivações deste assassinato ainda não ficaram claras para os policiais. A Polícia Civil apura agora o passado do rapaz, espera que alguém tenha anotado as placas do veículo e também outras informações de testemunhas que podem ajudar nas investigações.

 

Suposto assalto

Menos de três quilômetros dali, na Rua Adelio Correa, Jardim Osasco, um crime que pode ser uma tentativa de assalto aconteceu por volta das 19h50. Segundo a PM, homens usando armas longas chegaram, em um Honda Civic, chegaram a tentaram roubar a caminhonete de Alcedino José das Virgens, 59 anos.

O homem reagiu e entrou em luta corporal com os bandidos. Ao perceber o que estava acontecendo, Luiz Carlos Coltinho dos Santos, 39, que seria inquilino de Alcedino, foi tentar ajudar o homem e os dois acabaram feridos. Os bandidos fugiram sem levar nada, mas mataram os dois homens: Luiz morreu no local. Já Alcedino foi socorrido, na própria caminhonete, por alguns vizinhos que o levaram até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro, mas o homem já chegou morto.

O crime é investigado pela Delegacia de Colombo e denúncias que possam ajudar no trabalho policial podem ser passadas pelo (41) 3656-2897. Mesmo com as coincidências em ambos os crimes, a polícia ainda não confirma se podem ser os mesmos atiradores.

 

Fonte/Lucas Sarzi

Foto/Michael Martins

SEM COMENTÁRIO